Departamentos
Seu carrinho

Proteina de soja escura sabor alho (granel)

Proteina de soja escura sabor alho (granel)
Proteina de soja escura sabor alho (granel)
  • Estoque: Em estoque
  • SKU: 638
Produtos Vendidos 24
Produtos vistos 857

Há muito tempo, os vegetarianos descobriram a proteína de soja, uma ótima opção na substituição da proteína animal. Entretanto, de uns tempos para cá, ela acabou ficando famosa também entre os não vegetarianos por causa dos seus inúmeros benefícios causados à saúde. Sendo assim, conheça melhor a proteína de soja nesse artigo e inclua-a na sua dieta diária para sentir os seus efeitos.

Ingredientes: Farinha desengordurada de soja, óleo de Palma, tempero de alho, sal, adlho desidratado em pó, realçador de sabor INS 621, corante caramelo INS 150d, antioxidantes INS 321 e 320.

 

A proteína de soja é o resíduo da soja que resta quando o seu óleo é extraído. De acordo com pesquisas, a soja possui até mais proteínas que os ovos, os peixes e as carnes vermelhas e brancas. Portanto, é importantíssima para a reconstrução, crescimento e conservação dos nossos órgãos, células e tecidos, também sendo usada em momentos de falta energética. Por outro lado, alguns hormônios são sintetizados pelas proteínas.

A isoflavona da soja é um poderoso antioxidante que mantém o corpo livre de radicais livres, responsáveis por doenças como o câncer através do fortalecimento do sistema imunológico. Essa substância ainda contribui para o retardamento do envelhecimento, o que ajuda na prevenção de rugas na face.

O colesterol ruim (LDL) é reduzido com o consumo da proteína da soja por causa da fibra nela contida. Assim, ela previne doenças cardíacas como tromboses e enfartos.

No processo digestivo, as proteínas são quebradas e formam os aminoácidos, que são divididos em duas categorias: os essenciais e os não essenciais. O primeiro grupo não é produzido pelo nosso organismo, enquanto o segundo pode ser sintetizado por ele.

As proteínas animais retiradas das carnes e dos ovos possuem alto valor biológico, sendo, portanto, mais completas. Já as vegetais têm baixo teor biológico, contendo menor quantidade de aminoácidos essenciais. Porém, não têm tanta gordura como a animal.